Tag Archives: Teatro Arthur Azevedo

Vander Lee é a atração do MPB Petrobras

O cantor e compositor mineiro Vander Lee é atração do MPB Petrobras no dia 18 de setembro, no Teatro Arthur Azevedo, às 20 horas. As Brasileirinhas fazem o show de abertura. O MPB Petrobras está há 15 anos em cartaz e conta com o patrocínio exclusivo da PETROBRAS.

A programação se estende por 10 capitais do país e apresenta shows de qualidade a preços populares: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). A realização é da Caderno 2 Produções Artísticas, com produção local de Simão Caminha.

Perfil

Vander Lee é conhecido por sua linguagem única e suas canções traçam um retrato poético do cotidiano de forma atual e harmoniosa.Reconhecido como um dos cantores e compositores mais originais da MPB, o cantor já teve suas canções registradas por artistas de renome nacional como Gal Costa, Alcione, Rita Beneditto e Leila Pinheiro, entre outros nomes. O MPB Petrobras em São Luís tem produção local de Simão Caminha.

Serviço:

MPB Petrobras

Show: Vander Lee

Show de Abertura: As Brasileirinhas

Dia: 18 de setembro (terça-feira)

Horário:20h

Local: Teatro Arthur Azevedo

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada)

Classificação: 15 anos

Filme maranhense, “Flor de Abril” será lançado na quinta-feira (19)

A noite desta quinta-feira (19) será de festa para a sétima arte maranhense. O cineasta Cícero Filho, estará lançando seu terceiro longa-metragem, o filme “Flor de Abril”, em avant-premiére, às 19h, somente para convidados no Teatro Arthur Azevedo (Centro). O filme tem patrocínio do Governo Maranhão e foi um dos projetos selecionados no Edital Universal para a Cultura, da Secretaria de Estado de Cultura (Secma).

“Flor de Abril” acompanha a trajetória de Teresa, moça ingênua e romântica, vítima de uma série de circunstâncias extremas. Tendo por tema central a busca pelo amor, o filme aborda também as perdas que afetam a vida de todos os personagens. Com duração de 110 minutos, conta no elenco com os atores Dayse Bernardo, Vinicius Fiamini, Eric Gaigher e Diego Soares.

O roteiro é assinado pela jornalista Kelma Gallas e pelo escritor Paulo Batalha. A produção tem direção musical de Alfredo Werney e direção geral de Cícero Filho, que já dirigiu o drama “Entre o Amor e a Razão” (2006) e a comédia “Ai que Vida” (2007), sucesso em muitas telonas das cidades brasileiras.

A produção do filme envolveu um grande contingente de profissionais. Mais de 500 pessoas trabalharam nos três anos de produção, entre atores, figurantes e produtores. Comunidades do interior também participaram das filmagens.

“Flor de Abril” teve cenas gravadas nas localidades maranhenses de Barro Vermelho, povoado de Poção de Pedras; Olho d’Água, povoado de Pedreiras; e em São Luís. No estado do Piauí, além de Teresina, cenas foram gravadas em Amarante e Campo Maior.

Projeto

O projeto foi iniciado no ano de 2008 com a redação da história pelo cineasta, seguida em 2009 da elaboração do roteiro, escolha do elenco e gravação da primeira etapa do filme. Em 2010, foram gravadas cenas da segunda e terceira etapas do filme. Em 2011, foram realizados os processos de edição, gravação, inserção da trilha sonora e finalização.

“Flor de Abril” teve o título originado de uma flor do nordeste brasileiro, que só nasce no mês de março, mas suas pétalas na cor púrpura desabrocham em abril. “O filme não pretende reproduzir o nordeste brasileiro idealizado dentro de uma estética acadêmica formal, mas revelar por meio de diversos referenciais culturais, os contornos dessa realidade”, destacou o diretor do filme.

QUADRO

OS PROTAGONISTAS

Dayse Bernardo – Atriz, modelo maranhense estreia nas tela interpretando três personagens, a protagonista Teresa, a prostituta Soraya Tempestade e a insatisfeita dona de casa Clarice.

Eric Gaiger – Ator paulista, faz sua estreia no cinema no filme Flor de Abril, na pele do sedutor Francisco Silva. Antes participou de algumas peças de teatro, musicais e comerciais para TV. Vive um caboclo do interior do Maranhão, agressivo e persuasivo. Provoca em Teresa um sentimento que ela não consegue controlar.

Vinicius Fiamini – Ator paulista, experiente em teatro, também faz sua estreia no cinema e vive no filme o Luciano, filho de um fazendeiro do nordeste que acaba casando com a Teresa, na segunda fase do filme. Vive um personagem em conflitos existenciais, principalmente por seguir uma carreira que não tem apoio da família.

Diego Soares, ator e modelo paulista, vive no filme o personagem Sandro, um peão emotivo e de bom coração que se torna objeto de desejo de Teresa. Também estreia em Flor de Abri, antes já tinha feito curtas e comerciais para TV.

DIRETOR

Cícero Filho – Maranhense de Poção de Pedras, é formado em Jornalismo no Piauí, estado onde residiu por alguns anos de sua vida. Atualmente, trabalha com cinema, produzindo documentários e telejornalismo. Lançou-se, em 2006, a produção “Entre o Amor e a Razão”. No ano de 2007, assinou a comédia “Ai que Vida”, sucesso no circuito alternativo de cinema em muitas cidades brasileiras. Desde então, tornou-se uma referência na produção de cinema amador no Brasil, com destaque de mídia e reconhecimento de público.

Suas produções são marcadas pelo olhar sobre o interior do nordeste brasileiro. A preocupação social é uma marca de seus filmes, tendo o cotidiano, as relações de gênero, a família, a religiosidade e o cenário político como referência.

TAA e Sebrae lançam projeto de capacitação na área das artes cênicas

Em parceria, o Teatro Arthur Azevedo (TAA), a Secretaria de Estado da Cultura e o Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), será lançado nesta quarta-feira (11), às 9h, na sede do Sebrae (Av. Carlos Cunha, Jaracati), o projeto Pequena Companhia de Teatro – Empreendedorismo Sustentável nos 400 Anos de São Luís. A ação, voltada para as artes cênicas, inclui cursos de capacitação técnica e artística.

O lançamento do projeto, uma celebração aos quatro séculos de fundação da capital maranhense, terá presença do diretor do Teatro Arthur Azevedo, Roberto Brandão, e da presidente do Sebrae, Simone Macieira. As aulas estão previstas para começar no mês de maio.

“Vamos garantir especialização na área das artes cênicas e, com isso, fomentar o mercado com profissionais capacitados e espetáculos mais bem acabados. Temos todo um nicho nessa área que precisa ser potencializado. Assim, ganha o artista e ganha o público também”, declarou Brandão.

Na área de capacitação técnica, serão oferecidos os cursos de Iluminação cênica, Cenotécnica, Maquinaria e contra regra, Técnica de áudio, Produção cultural e Receptivo cultural. No campo da capacitação artística, serão ofertados Dramaturgia, Direção teatral, Cenografia, Coreografia, Figurino, Adereçaria cênica e Maquiagem cênica.

Os interessados em participar devem se inscrever no período de segunda-feira (16) a quinta-feira (20), no próprio teatro (Rua do Sol, Centro). Os cursos serão ministrados no turno matutino, nas salas e palco do TAA e do Centro de Artes Cênicas do Estado do Maranhão (Cacem). A carga horária será de 80h/aula.

Durante o lançamento, o diretor do Teatro Arthur Azevedo, Roberto Brandão, e da presidente do Sebrae, Simone Macieira, conversarão com os interessados e imprensa para esclarecer detalhes do projeto.

Alcione canta no show de Lenine no Teatro Artur Azevedo

O show de Lenine no Teatro Artur Azevedo, em São Luis, terá a presença especial de Alcione. O cantor pernambucano é um dos convidados do novo disco da Marron, “Duas Faces – ao vivo na Mangueira”, gravado no Rio de Janeiro, como parte do projeto de comemoração dos seus 40 anos de carreira.

Juntos, eles cantaram a música Evolução, de autoria de José Cavalcante de Albuquerque. O mais novo trabalho da cantora chega esta semana às lojas em todo o Brasil.

Na gravação, Alcione fala da admiração pelo cantor: “Lenine está nos meus 40 anos porque eu gosto dele. Sou muito fã do talento de Lenine; e por isso resolvi chamá-lo para cantar comigo, que era um sonho. Ele é sempre tão simpático, um gênio da música”, revelou a Marron. Lenine retribui o carinho da cantora, definindo-a como ” uma guerreira”, e relembrando encontros entre dois artistas, inclusive aqui em São Luis, que sempre terminam em muita música.

Só lembrando que a apresentação da turnê Chão de Lenine em São Luis acontece nesta sexta-feira, dia 06 às 21h30 no Teatro Arthur Azevedo (Centro). Os ingressos para o espetáculo no TAA já estão esgotados

Show Elis e eu homenageia cantora há 25 anos

Gabriel Melônio homenageia Elis com show no TAA

O cantor maranhense Gabriel Melônio sobe ao palco do Teatro Arthur Azevedo (TAA), na noite desta sexta-feira (23), com o Show Elis e Eu, às 21h, para homenagear pela 25ª vez a cantora gaúcha Elis Regina, falecida há 30 anos, em São Paulo, no dia19 de janeiro de 1982.

Fá incondicional da cantora, Gabriel no show Elis e Eu faz uma homenagem à cantora que foi considerada por muitos críticos e músicos, a melhor cantora brasileira de todos os tempos. Aqui em São Luís o cantor Gabriel Melônio, ao longo dos anos realiza um show para relembrar ao público que não chegou a conhecer o trabalho e a carreira da cantora Elis Regina, o que ela deixou de bom para o mundo musical.

Com um vasto repertório da cantora Gabriel Melônio faz neste tributo uma pesquisa todos os anos, para que o público tenha sempre uma novidade. Este ano quando completa 30 anos de saudade de Elis, Gabriel Melônio preparou um show muito especial, com direção, produção e cenário. No repertório do show Gabriel faz uma seleção das músicas que o público sempre pede nos shows.

No 25 show-homenagem à “Pimentinha”, dentre as músicas que compõem o repertório, uma será para lembrar um ídolo de Elis, a cantora Angela Maria, com a música Vida de Bailarina. Outras que fazem parte do roteiro do show destacam-se Romaria; Dois pra lá, dois pra cá; Upa, Neguinho; Águas de Março; O Trem Azul; Madalena; Tiro ao Álvaro; Vou deitar e Rolar; Maria-Maria, entre outras.

Para a edição de 2012 o show de Gabriel em homenagem a Elis contará com uma banda formada pelos músicos: George Gomes (bateria), Marquinhos (teclado), Edilson Gusmão (violão), Mauro Travincas (contra baixo) e Vanderson (percussão). O cenário é assinado por Ruber Produções e a produção executiva de Mário Jorge Produções.

Fonte: Secma

Teatro Arthur Azevedo lança VII Semana do Teatro no Maranhão

Com a participação de 44 espetáculos selecionados, entre 25 locais e 19 nacionais, será lançada nesta quinta-feira (15), no palco do Teatro Arthur Azevedo a VII Semana do Teatro no Maranhão, com uma vasta programação que será apresentada ao público, entre artistas, diretores e produtores teatrais, apreciadores das artes cênicas e imprensa.

A VII Semana do Teatro no Maranhão é uma produção do Governo do Estado, realizada pela Secretaria de Estado de Cultura (Secma), por meio do Teatro Arthur Azevedo (TAA) e Comissão Artística.

O evento acontece de 26 de março a 1º de abril, em São Luís, e de 13 a 22 de abril nos demais municípios maranhenses, com a participação de grupos e companhias de teatro maranhenses e convidadas. Todos os espetáculos serão gratuitos.

A Semana contará ainda com a realização de 12 oficinas ministradas por professores de vários estados, lançamento de livro, cortejo artístico pelas ruas do centro de São Luís, mesa redonda e homenagem a personalidades do Teatro Maranhense.

As atividades acontecerão em 8 espaços: Teatros Arthur Azevedo, Alcione Nazaré, João do Vale, Centro de Artes Cênicas do Maranhão (CACEM), Galeria Russa ECIMUSEUM, Praças Nauro Machado e João Lisboa e no Circo Cultural Nelson Brito.

Atividades

As oficinas serão ministradas pela manhã e tarde, no Teatro Arthur Azevedo. Atores formados, estudantes de teatro e amantes das artes cênicas poderão participar das oficinas: Crítica Teatral com o Prof. Dr. Ferdinando Martins / USP; Música Movimento e Cena, ministrada por Lenine Vasconcellos /UFRJ; Percussão Corporal, com Daniel Matallana (Colômbia); Elaboração de Projetos Culturais, coordenada por Cassiano Gomes (RJ); Corpo Poético do Ator, pelo Coletivo Trupe Arlequin/ GECA (PB); O Ator Contemporâneo com Guido Campos / GO; Introdução ao Teatro de Sombras, pelo Teatro sim Porque Não (SC); Vide Verso meu endereço, com Áurea Teixeira / Janaína Silva / Kátia Kuwara / Luis Henrique Altieri (SP); Introdução À Biomecânica,pelo Teatro de Maquinaria (RJ); Pernas de Pau com grupo Quintal do Circo (RJ); View Points , com Zé Alex (RJ); e O Quadro de Antagônicos como Instrumento de Preparação do Ator ,com o ator e diretor Marcelo Flecha (MA).

A programação terá ainda lançamento dos livros Bastidores / Crônicas, do jornalista, ator e crítico teatral maranhense Ubiratan Teixeira, na noite de 26/03, abertura da VII Semana do Teatro e, Nostalgia (Circo Vox), de autoria de Gallo Cerello e Helena Cerântola, dia 29, ambos às 20h no Foyeur do TAA. No dia 27, às 9h, o espaço da Galeria Russa ECIMUSEUM, na Rua 14 de Julho – Praia Grande, será palco para um bate-papo com o ator convidado Cacá Carvalho.

A VII Semana do Teatro no Maranhão encerra suas atividades de 2012 com homenagem ao ator, dramaturgo, diretor e professor de teatro Aldo Leite e a dona Benedita Silva (dona Bibi), camareira e ex-funcionária do TAA. Na oportunidade, a direção do Teatro Arthur Azevedo também fará a divulgação dos cinco contemplados com Prêmio São Luís em Cena, de textos teatrais que homenageiam a capital maranhense pelos 400 anos de fundação e que serão apresentados em setembro, durante as comemorações de aniversário da cidade.

Parador

Pedro Sobrinho

Nosly confirma show “Parador”, dia 29 de outubro, (sábado), no Teatro Artur Azevedo. Ele será acompanhado pelos músicos Victor Betrami (bateria), Ney Conceição (baixo) e Kiko Continentino (piano).

Participa também do show, o guitarrista e violonista mineiro Toninho Horta, um dos fundadores do Clube da Esquina, movimento musical criado por uma gama de artistas das Minas Gerais no início da década de 80.

O CD Parador de Nosly pode ser ouvido na radiouol.com.br.

Cia paulista de dança se apresenta no TAA para alunos de escolas públicas

Quatro coreografias fazem parte do roteiro do espetáculo da São Paulo Companhia de Dança, nesta sexta-feira (30) e sábado (1º), às 21h, no Teatro Arthur Azevedo, em São Luís. A novidade é que a apresentação de sexta-feira (30), às 15h, será aberta somente para alunos de escolas públicas convidadas. A Companhia foi criada em janeiro de 2008 pelo Governo de São Paulo.

As coreografias serão: Supernova, de Marco Goecke; Tchaikovsky Pas de Deux, de George Balanchine; e Legend, de John Cranko e Gnawa, de Nacho Duato.  A direção artística é de Iracity Cardoso e Inês Bogéa.

Depois da apresentação para os estudantes, na sexta-feira, serão realizadas atividades educativas como parte do Programa de Formação de Platéia. Haverá a distribuição de kits educativos com coreografias e aulas de dança.

A programação especial para escolas será desenvolvida em parceria com o projeto Núcleo Arte Educação (NAE), do Teatro Arthur Azevedo e tem o apoio da Secretaria de Estado da Educação.

O NAE trabalha com alunos da rede pública de escolas do ensino fundamental, de 7 aos 12 anos, na realização de cursos de dança, teatro e música (piano e canto),  com aulas no turno matutino.

No sábado (1°), a produção do espetáculo realiza a oficina para bailarinos, “Técnica de balé clássico”, das 10h às 11h30, ministrada pelo professor/ensaiador da São Paulo Companhia de Dança, Boris Storojkov. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site: www.saopaulocompanhiadedanca.art.br

Fonte: Secma

ENTRETENIMENTO

COMÉDIA EM PÉ –  Espetáculo de teatro humor com os atores Cláudio Torres Gonzaga, Paulo Carvalho, Victor Sarro, Murilo Gun e Henrique Fedorowicz. Um espetáculo leve, ágil, centrado na capacidade de observação, na inteligência do texto e na habilidade de fazer rir. (RJ)

Dias 2(sexta-feira), 3(sábado) às 21h e 04(domingo) às 20h30

Produção: Moraes Júnior Produções

Ingressos: Platéia / Frisa e Camarote R$ 50,00

Balcão / Galeria                R$ 40,00

Indicação: 14 anos

Duração: 70 minutos

A GALINHA PINTADINHA – Espetáculo musical infantil adaptado e dirigido por Glaydson Almeida, e produção executiva de Amaury Júnior e Danilo Marcondes. (RJ).

Dias 3 e 4 (sábado e domingo), às 16h e 18h.

Produção: Moraes Júnior Produções

Ingressos: Preço Único: Adulto R$ 30,00 / Criança R$ 15,00

Indicação: LIVRE

Duração: 50 minutos

OBS: Os ingressos serão colocados à venda na bilheteria do TAA, de terça-feira a domingo das 14h, na em conformidade com a Lei Municipal nº 4.729 de 28 de dezembro de 2006 (Lei da Meia-Entrada) segundo a qual 1/3 (um terço) dos bilhetes de qualquer ordem da platéia deverão ser disponibilizados para a meia-entrada para estudantes com carteira e idosos (60 anos). Os estudantes devem apresentar a carteira no ato da compra do ingresso e na entrada para o espetáculo.

Fonte: Secma

Teatro Arthur Azevedo realiza V Semana Maranhense de Dança

Bailarinos em movimento durante espetáculo de dança

Com participação de companhias de danças maranhenses e convidadas de outros estados e de outros países, será realizada em São Luís, a partir desta segunda-feira (22) até dia 28, a V Semana Maranhense de Dança. O evento é promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura (Secma)/Teatro Arthur Azevedo.

A programação contará com oficinas, cursos e apresentação de espetáculos de dança, lançamento de livro, mesas redondas, palestras, cortejos com  artistas pelas ruas do Centro e homenagens a personalidades do mundo da dança.

Dos convidados que estarão mostrando sua arte para o público maranhense já confirmaram presença os bailarinos: Renato Vieira (RJ), Najwa Zaidan (SP), Isabel Marques (SP), Felipe Borges e Paula Moraes (PE), Jessica Braga (RJ), Fran Mello (MA), Gregory Lorenzutti (RJ), Lavignia Bizzoto (RJ), Joaquim Thomé (RJ), Fabiana Nunes (RJ), Soraya Bastos (RJ) e Erick Swolkin (SP). Também haverá participações especiais de Bruna Ganglianoni, maranhense que irá integrar o corpo de baile do Ballet Bolshoi, na Rússia, além da cubana Analay Saiz e o bailarino colombiano Santiago Gril.

Os espetáculos serão apresentados no palco do Teatro Arthur Azevedo (à noite) no Teatro João do Vale (manhã e noite) e na Praça Nauro Machado (tarde), sempre com entrada franca. Debates, palestras e mesas redondas acontecerão no auditório do Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho, na Rua do Giz. Já oficinas, cursos e lançamento de livro acontecerão no TAA.

A V Semana Maranhense de Dança tem como perspectiva a formação e capacitação de profissionais, revitalização e valorização da dança maranhense, incentivando a produção local, a formação de platéia, o intercâmbio entre companhias, grupos, escolas e bailarinos independentes maranhenses e de outros estados, através de espetáculos, oficinas, palestras, exposições, abrindo possibilidades positivas para o crescimento qualitativo dos profissionais envolvidos.

A Semana de Dança começa nesta segunda-feira (22) com a realização de oficinas no Teatro Arthur Azevedo no período da tarde e apresentação de grupos maranhenses no SESC Deodoro, às 12h. A abertura da Semana acontecerá na terça-feira (23) a partir das 16h30 com saída de Cortejo Artístico no percurso Praça Deodoro/ Teatro Arthur Azevedo, seguindo pela Rua Grande, com participação de bailarinos de escolas e companhias maranhenses; performances com bailarinos em frente ao TAA.

ABERTURA OFICIAL

A abertura oficial acontecerá à noite, a partir das 19h, com o lançamento do livro “Linguagem da Dança: Arte e Ensino” da bailarina e professora Isabel Marques (SP), seguida da palavra do secretário da Cultura, Luís Bulcão, com a presença do diretor do TAA, Roberto Brandão, e da comissão organizadora.

A noite de espetáculos será aberta com as apresentações do solo do bailarino maranhense Fran Mello, seguido do espetáculo Pretérito Perfeito e Imperfeito” com a companhia Renato Viera Cia de dança, do Rio de Janeiro.

O primeiro espetáculo da V Semana de dança “In Solo” retrata  um corpo de maneira inconsolidada, tendo o movimento como produto do intemperismo de sua origem. O espetáculo que a Renato Vieira Cia de Dança apresenta é uma sucessão de solos, duos e trios recriados a partir de novos estímulos dramatúrgicos e musicais. Trata-se de uma experiência de composição inédita para a companhia e que deverá trazer novas combinações dentro do seu repertório.

Na terça-feira (23), o palco do Teatro João do Vale terá às 9h e às 15h espetáculos do projeto Arte/Educação com apresentação de grupos maranhenses para escolas públicas. E no Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho, a partir das 10h, os debates: “Quem fomos, quem somos e quem pretendemos ser”, que será coordenado por Antunes Neto; e “De onde venho? Para onde vou?”, com a professora Myriam Marques.

A V Semana Maranhense de Dança conta com a colaboração dos profissionais Abelardo Telles, Eliane Propp (bailarinos) e Ana Paula Fonseca (arte-educadora) na coordenação e organização do evento.

Programação

CICLO DE PALESTRAS E DEBATES– Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho -10h

Dia 23/08 (Terça – Feira)

TEMA: “Quem fomos, quem somos e quem pretendemos ser” (Antunes Neto); “De onde venho? Para onde vou?” (Myriam Marques)

Dia 24/08 (Quarta- feira)

TEMA: “Dança e Educação” (Isabel Marques – SP)

Dia 25/08 (Quinta – feira)

TEMA: “Panorama da Dança no Maranhão”. (SATED, CBDD e Rede de Dança)

Dia 26/08 (Sexta – feira)

TEMA: “Lei de Incentivo a Cultura” – Secretário de Estado de Esportes e Lazer, Joaquim Haickel; Secretário da Cultura, Luís Bulcão; e presidente da Fundação Municipal de Cultura, Euclides Moreira.

OFICINAS DA V SEMANA MARANHENSE DE DANÇA

  • Ballet Clássico Iniciante – Adelson Tavares (MA)
  • Ballet Clássico Inter/Avanç – Santiago Gil (COL)
  • Dança Contemporânea Iniciante – Leônidas Portella (MA)
  • Movimento Criativo – Fabiana Nunes (RJ)
  • Fundamentos de Dança como Instrumentos Corporais do Ator – Gregory Lorezutti (RJ)
  • Dança Contemporânea Inter/Avanç – Lavignia Bizzoto (RJ)
  • Criação Coreográfica – RenatoVieira e Joaquim Thomé (RJ)
  • Dança do Ventre Iniciante – Solange Costa (MA)
  • Dança do Ventre Inter/Avanç – Najwa Zaidan (SP)
  • Dança de Rua Iniciante – Rubinho (MA)
  • Dança de Rua Inter/Avanç – Jéssica Braga (RJ)
  • Dança de Salão Iniciante – Larissa  Carvalho (MA)
  • Dança de Salão Inter/Avanç – Felipe Borges/Paula Moraes (PE)
  • Musical Jazz – Soraya Bastos (RJ)
  • Ballet Aéreo – Donny Santos (MA)

Fonte: Secma

Tudo pronto para o projeto ”Lençóis Jazz e Blues Festival”

É com shows de artistas de grande magnitude que o PROJETO “LENÇÓIS JAZZ E BLUES FESTIVAL” desembarca em São Luís, no dia 9 de agosto, no teatro Arthur Azevedo, uma das casas de espetáculos mais antigas e belas do país. O evento continua no dia 10 de agosto com shows de Marcelo Carvalho e quarteto, Taryn Szpilman e trio e Yamandu Costa.

Segundo a carioca Milla Camões “o festival é um bálsamo pra nossas almas sequiosas de música de estilo, qualidade e proposta! Música que se proponha a levar alegria. Música que dê ao povo novas expectativas.No dia 12 de agosto, o “LENÇÓIS JAZZ E BLUES FESTIVAL” segue para a cidade de Barreirinhas, no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, onde será realizado pela terceira vez. Desde o ano passado o evento tem como cenário o Gran Solare Lençóis Resort, localizado à beira do Rio Preguiças, onde os shows acontecem nos dias 12 e 13 de agosto.

Serão três espetáculos no dia 12: shows de Taryn Szpilman e Trio, Gilson Peranzetta e Mauro Senise e Arthur Mezenes e banda. No dia 13 será a vez de Sávio Araújo e banda, Nelson Faria e Ney Conceição, Jefferson Gonçalves e banda e Edson Travassos e Banda encantarem o público.

No dia 14 o festival vai presentear a cidade, seus moradores e turistas, com quatro shows abertos ao público, no palco que será montado, na avenida Beira Rio, também às margens do rio Preguiças.As duas edições do Lençóis Jazz e Blues Festival vão envolver, ao todo, dezessete shows e mais de cinqüenta músicos, além de produtores, técnicos de luz e de som, entre outros profissionais ligados ao show.

Tanto para o circuito São Luís, quanto para o circuito Barreirinhas já é possível adquirir os ingressos na UIMAR JR TURISMO, em São Luís. Eles custam R$40,00 (cada dia) ou R$60,00 o passaporte para dois dias de evento no Teatro Arthur Azevedo ou no Gran Solare Lençóis Resort, em Barreirinhas.

Festival para fugir do lugar comum em São Luís

“O Lençóis Jazz e Blues Festival é um bálsamo para nossas almas ávidas de música de estilo, qualidade e proposta! Música que se propõe a levar alegria; música que dê ao povo novas expectativas, novas misturas”. Essas frases são da cantora Mila Camões, a carioca de alma maranhense, e uma das atrações da terceira edição do festival.

E acreditando nessas possibilidades e na tentativa de legitimar uma cena para esses dois gêneros no Maranhão, é que São Luís, a Ilha Patrimônio da Humanidade, será palco pela primeira vez do Lençóis Jazz e Blues Festival. Durante duas noites, figuras expressivas do jazz nacional se apresentarão no palco do Teatro Artur Azevedo.

O festival será aberto às 20h desta terça-feira, 9, com show da cantora Mila Camões. Ela disse que fará uma mistura de elementos do jazz e blues. “Teremos coisas brasileiras, standards, tudo numa atmosfera de releituras e improvisos”, brincou. A artista será acompanhada por Wesley Souza (piano e teclado), Jeff Soares (violoncelo) e George Gomes (bateria).

Na sequencia tem Ithamara Koorax e Victor Biglione. Ithamara Koorax, elogiada pelo New York Times e eleita por dois anos consecutivos uma das três melhores cantoras de jazz do mundo pelos leitores das revistas DownBeat, Swing Journal e Jazz People – ao lado de Diana Krall e Cassandra Wilson. Acompanhada do guitarrista Victor Biglione, argentino radicado no Brasil, e Sérgio Barroso (baixo acústico) Koorax apresentará o show “Tributo a João Gilberto”, [no qual reverencia o grande mestre da Bossa Nova, que acaba de festejar 80 anos] além de interpretar clássicos da música nacional e internacional. “O objetivo é mostrar para o público que a qualidade da boa música independe da grande mídia”, definiu Ithamara Koorax.

A primeira noite fecha com o show da harpista Cristina Braga (foto) e trio, que preferiu manter o repertório do show como uma surpresa para o público maranhense.

Uma coisa é certa, a plateia estará diante da maior expoente da harpa no país, a artista ocupa o cargo de primeiras harpista da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Tem 16 discos gravados, alguns lançados também na Europa, Japão, Taiwan e EUA. Também colocou a harpa no rock nacional acompanhando os Titãs, e participou de apresentações ao lado de Lenine. Artista requisitadíssima participa das gravações dos cd’s da maioria dos grandes nomes da música brasileira. Recentemente participou das gravações do último cd de Chico Buarque e do cd de Arnaldo Antunes também.

Segunda Noite

O circuito São Luís do 3º Lençóis Jazz e Blues Festival prossegue na quarta-feira, dia 10, com mais três shows. Quem abre a segunda noite é o instrumentista maranhense Marcelo Carvalho e Quarteto. Acompanhado de Moisés (bateria), Israel Dantas (guitarra e violão), Nema Antunes (contrabaixo), Marcelo Carvalho (piano) definiu o repertório à base de Gilson Peranzetta, do guitarrista norte-americano Pat Metheny, além de chorinho, bossa nova, baião, entre outros ritmos brasileiros. “Essa é uma oportunidade ímpar de improvisar no palco do Teatro Artur Azevedo. E para essa celebração convidei Nema Antunes, baixista de Ivan Lins, Moisés, ex-baterista da banda Black Rio” e Renato Serra, destaque maranhense nos teclados, adiantou.

A festa continua com a carismática cantora carioca Taryn Szpilman e Trio. Acompanhada de Cláudio Infante (bateria) e de um guitarrista local, cujo o nome não foi revelado, Taryn apresentará o show “Bluezz”, revisitando os clássicos do jazz, blues e suas vertentes, até a soul e o classic rock, dos anos 30 aos 60. Serão homenagens aos inovadores mestres Ray Charles, Billie Holiday, Jimmi Hendrix, Muddy Waters, Etta James, Led Zeppelin, Janis Joplin e Muddy Waters. Nesse show, também serão apresentados novidades do CD, que será lançado no Rock In Rio 2011, “Negro Blue”, volume 2.

Conhecido pela emocionante interpretação de seus dedilhados ao violão, o gaúcho Yamandu Costa encerra o circuito de São Luís. Ele retorna a ilha para mostrar com quantos acordes se faz um show instrumental.

Itinerância

Depois da capital maranhense, o 3º Lençóis Jazz e Blues Festival prossegue, de sexta (12) a domingo (14, no Gran Solare Lençóis Resort, na cidade de Barreirinhas, local onde foi concebido pelo produtor e músico maranhense Tutuca Viana, com a parceria da Rede ICEP, da jornalista Patricia Santiago, entre tantas outras pessoas, que acreditam em ser essencial fugir do lugar comum em alguns momentos da vida.

Serviços

1º Lençóis Jazz e Blues Festival- Circuito São Luís:

Data: 9 e 10 de agosto de 2011 – Horário: 20h

Local:

Teatro Arthur Azevedo

Ingressos: R$ 40,00 (dias 9 ou 10) e R$ 60,00 (passaporte para os dias 9 e 10)

Locais de venda: nos dias do evento no Teatro Arthur Azevedo e antecipadamente na agência Uimar Jr Turismo (Avenida Coronel Colares Moreira, Ed. Multimpresarial, 10, São Luís – MA) Fones: (0xx)98 3227-2369

III Lençóis Jazz e Blues Festival – Circuito Barreirinhas:

Data: 12 e 13 de agosto de 2011 –

Horário: 21h

Local: Gran Solare Lençóis Resort- Lençóis Maranhenses, Estrada de São Domingos, s/nº, Povoado Boa Vista, Barreirinhas/MA, Tel.: (55 98) 3349-6000 email:reservas.lencois@gruposolare.com.br

(http://www.gruposolare.com.br)

Ingressos: R$40,00 (dias 9 ou 10) e R$ 60,00 (passaporte para os dias 9 e 10)

Locais de venda: nos dias do evento no Gran Solare Lençóis Resort e, antecipadamente, na agência Uimar Jr Turismo (Avenida Coronel Colares Moreira, Ed.Multiempresarial, 10, São Luís – MA) Fones: (0xx)98 3227-2369 begin_of_the_skype_highlighting / 98 3227-2369)

Data: 14 de agosto de 2011

Horário: 17h (ABERTO AO PÚBLICO) Local: Av. Beira Rio (às margens do rio Preguiças, em Barreirinhas.

Realização: Tutuca Viana Produções Apresentação: Rede ICEP

Do: imirante.com

McDIA FELIZ 2011 É ABERTO COM III TALENTOS MARANHENSES

A Fundação Antonio Jorge Dino faz o lançamento oficial da campanha McDia Feliz, do Instituto Ronald McDonald, no Teatro Arthur Azevedo, com o show III TALENTOS MARANHENSES – um show de solidariedade – nesta quarta-feira, às oito horas da noite. Vão participar os cantores Roberto Brandão, Fernando de Carvalho, Gabriel Melônio, Teresa Cantu, Carlinhos Veloz, Mano Borges, Djalma Chaves e Luis Junior.

Mais do que uma campanha de arrecadação, o McDia Feliz é uma campanha de mobilização nacional pela causa do câncer infantojuvenil, coordenado em todo o Brasil pelo Instituto Ronald McDonald.

Atualmente, o McDia Feliz é realizado em 14 países: Argentina, Austrália, Áustria, Brasil, Canadá, EUA, Finlândia, França, Inglaterra, Irlanda, Nova Zelândia, Noruega, Suécia e Suíça.

McDIA FELIZ NO MARANHÃO

Em cada local de atendimento, o Instituto Ronald McDonald tem um parceiro para trabalhar a campanha. No Maranhão, o McDia Feliz acontece desde o ano 2000, e tem na Fundação Antônio Jorge Dino, única entidade de referência do tratamento e prevenção do câncer no estado, a grande parceira para o evento. Em onze anos de campanha, a Fundação Antônio Jorge Dino conseguiu:

* 2000 – Reformar a capela de fluxo laminar;

* 2001- Reformar a Casa (provisória) de Apoio Criança Feliz e comprar medicamentos para a pediatria;

* 2002 e 2003 – Comprar a atual sede da Casa de Apoio Criança Feliz

* 2004 – Reformar da Casa de Apoio Criança Feliz;

* 2005 – Construir a Escolinha do Sorriso, na Casa de Apoio Criança Feliz;;

* 2006 – Reformar, ampliar e humanizar a Casa de Apoio Criança Feliz;

* 2007 e 2008 – Reequipar a Pediatria;

* 2009 – Reformar e mobiliar a Pediatria do Hospital Aldenora Bello;

* 2010 – Equipar e humanizar a Escolinha do Sorriso.

Este ano, a renda da campanha será revestida para mobiliar e equipar a expansão da ala pediátrica do Hospital Aldenora Bello, que hoje conta com 17 e passará a contar com 29 leitos.

SERVIÇO:

O QUÊ: Um Show de Solidariedade

Quando: Quarta, dia 03, no TAA

Hora: 20h

Ingresso: R$ 10,00, no local

por: William Santos

Vão participar os cantores Roberto Brandão, Fernando de Carvalho, Gabriel Melônio, Teresa Cantu, Carlinhos Veloz, Mano Borges, Djalma Chaves e Luis Junior.

Mais do que uma campanha de arrecadação, o McDia Feliz é uma campanha de mobilização nacional pela causa do câncer infantojuvenil, coordenado em todo o Brasil pelo Instituto Ronald McDonald.

Atualmente, o McDia Feliz é realizado em 14 países: Argentina, Austrália, Áustria, Brasil, Canadá, EUA, Finlândia, França, Inglaterra, Irlanda, Nova Zelândia, Noruega, Suécia e Suíça.

McDIA FELIZ NO MARANHÃO

Em cada local de atendimento, o Instituto Ronald McDonald tem um parceiro para trabalhar a campanha. No Maranhão, o McDia Feliz acontece desde o ano 2000, e tem na Fundação Antônio Jorge Dino, única entidade de referência do tratamento e prevenção do câncer no estado, a grande parceira para o evento. Em onze anos de campanha, a Fundação Antônio Jorge Dino conseguiu:

* 2000 – Reformar a capela de fluxo laminar;

* 2001- Reformar a Casa (provisória) de Apoio Criança Feliz e comprar medicamentos para a pediatria;

* 2002 e 2003 – Comprar a atual sede da Casa de Apoio Criança Feliz

* 2004 – Reformar da Casa de Apoio Criança Feliz;

* 2005 – Construir a Escolinha do Sorriso, na Casa de Apoio Criança Feliz;;

* 2006 – Reformar, ampliar e humanizar a Casa de Apoio Criança Feliz;

* 2007 e 2008 – Reequipar a Pediatria;

* 2009 – Reformar e mobiliar a Pediatria do Hospital Aldenora Bello;

* 2010 – Equipar e humanizar a Escolinha do Sorriso.

Este ano, a renda da campanha será revestida para mobiliar e equipar a expansão da ala pediátrica do Hospital Aldenora Bello, que hoje conta com 17 e passará a contar com 29 leitos.

SERVIÇO:

O QUÊ: Um Show de Solidariedade

Quando: Quarta, dia 03, no TAA

Hora: 20h

Ingresso: R$ 10,00, no local

Por: William Santos

TAA lança edital e regulamento da Semana de Dança 2011

O Teatro Arthur Azevedo lança, na segunda-feira (18), às 17h, no Salão Versátil, no TAA, o Edital e Regulamento da V Semana Maranhense de Dança, que acontecerá de 22 a 28 de agosto, no próprio teatro, em São Luís.  A Semana de Dança é um dos cinco projetos realizados por essa casa de espetáculos ao longo do ano, a exemplo das Semanas de Teatro, Aniversário, NAE e Música.

As inscrições para apresentação de espetáculos e realização em cursos e oficinas estarão abertas de 19 a 29 de Julho. O Regulamento estará à disposição dos interessados no Teatro (Rua Godofredo Viana, 132, Centro)

O lançamento do Edital e Regulamento contará com a participação de bailarinos, professores de escolas de dança, diretores de grupos e companhias de dança e artistas maranhenses que tem a dança como instrumento de trabalho.

Poderão participar do processo seletivo da Semana, grupos, companhias, escolas e bailarinos independentes, nos estilos: Clássico, Neoclássico, Moderno, Contemporâneo, Jazz, Dança do Ventre, Sapateado, Dança de Rua, Afro e Dança de Salão do Maranhão.

O evento oferecerá inscrições gratuitas para oficinas, coreografias, intervenções e espetáculos que acontecerão na Coordenação da Semana, no Teatro Arthur Azevedo.

As propostas para participação com espetáculos deverão ser entregues no seguinte endereço: TAA na Rua Godofredo Viana, 132 – Centro – São Luís /MA – CEP. 65.015-160, aos cuidados da Comissão Organizadora do Evento. Pode ser encaminhado, também, via email para o endereço semanadancama2011@hotmail.com Informações pelo telefone: 3218 9900 / 3218 9901.

As oficinas acontecerão no período de 22 a 27 de Agosto de 2011, nos estilos: Clássico, Contemporâneo, Dança de Salão, Dança de Rua, Dança do Ventre, Jazz nos seguintes locais: Salas de Dança e Salão Versátil do Teatro Arthur Azevedo e sala de dança do Centro de Criatividade Odylo Costa Filho. As inscrições serão de 01 a 12 de Agosto de 2011 das 14h às 17h, na Coordenação do Evento, a partir do  preenchimento da ficha de inscrição para avaliação e seleção.

Coreografias, espetáculos e intervenções deverão ter as propostas entregues no período de 19 a 29 de Julho 2011. Informações pelo telefone 3218-9900, com a comissão organizadora do evento.

Fonte: Secma

UMA LINDA QUASE MULHER

A PEÇA UMA LINDA QUASE MULHER DE FÉRIAS, ACONTECE HOJE 09 E AMANHÃ 10 E JULHO. DIA 09 ÀS 21H E DIA 10 ÀS 19H. QUEM FOR AO ESPETÁCULO AINDA IRÁ CONCORRER A UM FIM DE SEMANA NO GRAN SOLARE LENÇÓIS RESORT, EM BARREIRINHAS, COM DIREITO A ACOMPANHANTE. SÓ LEMBRANDO QUE A PEÇA ACONTECE NO TEATRO ARTHUR AZEVEDO. TUDO DE BOM!

Por: William Santos

UMA LINDA QUASE MULHER DE FÉRIAS – UM SONHO REALIZADO

Criada em 1999 a companhia teatral Deixa de Bobagem surgiu como mais uma ferramenta do fazer teatral local, desde sua fundação à temática escolhida pela companhia foi de montar comedia, gênero pouco explorado em nossa cidade. A companhia surgiu da necessidade de jovens atores terem a possibilidade de colocar em cena suas experiências e como também experimentar novas possibilidades na arte do teatro. O intuito da companhia é sempre levar a cena seja ela em teatro ou espaço diversos espetáculos voltados para diversão, humor, o teatro na sua mais pura vocação. Com seu primeiro espetáculo Uma Linda Quase Mulher a companhia se firmou como uma das mais atuantes da cidade.

O Espetáculo

“UMA LINDA QUASE MULHER”, verdadeiro fenômeno de público e crítica de nossa cidade esta com o Espetáculo de férias (pouca gente acreditava) pois em sua estréia o ingresso custava R$ 1,99 e mais um kilo de alimento não perecível que o grupo destinava a casas de ajuda, asilos etc, e a formula já era usada há bastante tempo fora do estado atores vestidos de mulher novidade nenhuma, mas nunca antes explorado dessa forma na cidade ai foi a grande carta na manga: montar um espetáculo livre de amarras, conceitos, preconceitos ( e olha foram muitos) para a diversão do publico, não importando seu credo raça com ou identidade sexual, para o elenco o importante era divertir o publico. Passada as dificuldades do inicio o espetáculo se firmou como a produção maranhense mais bem sucedida dos últimos anos. A comédia, que trabalha em cima do escracho, já esteve em temporada por diversas vezes.  Nesse período, o trabalho já foi apresentado em todos os teatros da cidade e também no Festival Internacional de Humor em Teresina e na Bienal de Arte e Cultura da União Nacional dos Estudantes (UNE) em São Paulo.

A história:


Uma Linda Quase Mulher é uma paródia do filme “Uma Linda Mulher”, só que aqui a realidade é outra. A trama do espetáculo gira em torno de Júlia Roberta (Denilton Neves), uma empregada doméstica que sonha em voltar a ser a rainha da noite, e conquistar o coração do seu grande amor Ricardo Gerardo ( Mano Braga) um cobrador de ônibus da linha Maiobinha Renascença mas para isso passa por várias situações armadas por sua arquiinimiga Cintya Sapequara (Erivelton Viana), uma vilã que não mede esforços para destruir os sonhos e os projetos de Júlia. Mas o lado bom de tudo isso é que a “Linda”, poderá sempre contar com a ajuda de sua patroa interpretada pelo ator Guilherme Telles e com sua super amiga Mia Cara de Gato ( Arilson Ferreira)

O espetáculo que estreou dia 19 de novembro de 1999, leva o público ao delírio com gargalhadas em quase duas horas de apresentação, onde a interatividade, a tônica do espetáculo, com o improviso imediato faz com o texto da peça siga leve e descontraído até o final. O espetáculo já foi visto por mais de trezentas mil pessoas. A cada apresentação, temas novos, curiosidades e assuntos da política, do cotidiano e assuntos polêmicos nacionais e locais alerta a DSTs, fazem parte do espetáculo. Sempre encontramos dois públicos aqui em são Luis: quem ainda não assistiu (acreditem existe) e quem já viu mais de duas vezes nunca quem assistiu apenas uma vez.

E para a temporada de férias a turma esta preparando algumas surpresas.

Então você não pode perder essa grande festa e comemorar com esse grupo genuinamente maranhense que acredita no talento, valor e trabalho de nossos artistas. Serão apenas duas sessões dia 09/07 às 21h e dia 10/07 às 19h no Teatro Arthur Azevedo.

Serviço :

Uma linda Quase Mulher De Férias

Teatro Arthur Azevedo

Dia 09/07 às 21h e 10/07 às 19h

Ingressos:

Platéia e Frisa: R$ 40,00

Camarote: R$ 35,00

Balcão: R$ 30,00

Galeria: R$ 25,00

Informações: 32189900

Elenco : Arilson Ferreira ( Mia Cara de Gato), Adeilson Santos ( Clea Babalu e Mãe  Lenara) Denilton Neves ( Julia Roberta), Erivelton Vianna ( Cintya Sapequara), Guilherme Telles (aurijane Eliglantine) , Julio Monroy ( Lea Big Big ) e Mano Braga ( Ricardo Gerardo)

Texto e Direção: Denilton Neves.