Tag Archives: homenagem

UMA HOMENAGEM ESPECIAL A DONA ANTÔNIA, MÃE DA JORNALISTA DALVA LEMOS

A CARAS & NOMES In Blog não poderia deixar de prestar homenagens a todas as mulheres do país.

Dalva Lemos ao lado da mãe, Antônia, mulher de fibra que enfrentou os desafios acerca de seu tempo para proporcionar educação aos filhos e os ensinou a trilhar o caminho das boas ações.

Dalva Lemos ao lado da mãe, Dona Antônia, mulher de fibra que enfrentou os desafios acerca de seu tempo para proporcionar educação aos filhos e os ensinou a trilhar o caminho das boas ações.

A Jornalista e Diretora geral da Revista CARAS & NOMES, Dalva Lemos, que em sua trajetória de lutas ultrapassou barreiras e transpôs obstáculos se tornando um nome conhecido no estado inteiro. Hoje conta sua história com sorriso no rosto e alegria de quem ainda tem muito a compartilhar.  Ao lado das filhas, a publicitária Rafaela Lemos que reúne qualidades de mulher vitoriosa, com sua dedicação por tudo aquilo que faz. Detentora de qualidades como a solidariedade e o respeito ao próximo a bela tem um jeito todo especial de deixar sua marca em nossos corações. Ao seu lado também a advogada Dra. Luana Lemos Wise, de carisma incontestável e de uma determinação indiscutível, a bela se divide em suas tarefas de filha, esposa, mãe, além de ser uma das diretoras da Revista CARAS E NOMES.

 

Dalva Lemos ao lado das Filhas Rafaela e Luana Lemos

Dalva Lemos ao lado das Filhas Rafaela e Luana Lemos

A elegância da Diretora Geral da Revista Caras e Nomes Dalva Lemos

Dalva Lemos Diretora Geral da Revista Caras e Nomes

 

Helena Silva a primeira dama da assembléia de Deus de Palmas-To, irmã da Jornalista Dalva Lemos

A bancária Júnia Silva irmã da Jornalista Dalva Lemos

Governadora é homenageada com a medalha do 4º Centenário

A governadora Roseana Sarney foi uma das homenageadas com a Medalha do 4º Centenário de São Luís, comemoração da Assembleia Legislativa do Maranhão pelo aniversário de quatro séculos de fundação da capital maranhense. A comenda foi entregue a 400 personalidades no total (alguns in memoriam) e a condecoração foi feita, na noite desta quarta-feira (6), no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana.

Além da governadora, foram homenageados, também, o presidente do Senado, senador José Sarney; os ministros Edson Lobão (Minas e Energia) e Gastão Vieira (Turismo); e a cantora Alcione. “Estendo esta homenagem a todos os maranhenses, os quais me possibilitaram ser governadora deste Estado e fazer o bem também por São Luís. Portanto, esta medalha é de todos os meus conterrâneos”, disse a governadora.

Foram agraciados com a medalha deputados, ex-deputados, jornalistas, artistas e lideranças populares. As honras foram feitas pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Arnaldo Melo. “A ideia é destacar aquelas personalidades que, de uma forma ou de outra, contribuíram para o engrandecimento e evolução desta cidade”, disse Arnaldo Melo.

O presidente do Senado, José Sarney destacou a importância de São Luís não somente para o Maranhão, mas também para o Brasil. “Estou tendo a felicidade de viver este momento histórico nesta semana, que não é Semana Santa, mas é abençoada e esta homenagem é oportuna, pois São Luís é uma cidade que encanta o Maranhão, o Brasil e o mundo”, disse José Sarney. O ministro Edson Lobão complementou: “Este é um Estado abençoado e todos os maranhenses merecem esta comenda”, disse Lobão.

Os nomes de todos os homenageados foram destacados nos dois telões do Centro de Convenções e em livreto sobre o evento. Ao final da solenidade, a cantora Fernanda Garcia entoou o Hino de Louvação a São Luís.

As informações são da Secom do Estado.

Assembleia homenageia 400 personalidades

Na solenidade que a Assembleia Legislativa realizará nesta quarta-feira (5), em homenagem aos 400 anos de fundação de São Luís (8 de setembro), exatamente 400 personalidades serão agraciadas com a Medalha do 4º Centenário, a ser entregue a autoridades, jornalistas, ex-deputados, artistas e lideranças populares. A sessão será realizada a partir das 19h, no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, por iniciativa  da Mesa Diretora.

Entre as personalidades que receberão a comenda está Aldo Leite, teatrólogo, ator e professor de Artes que foi contemplado com os prêmios Molière e Mambembe, com uma única peça teatral, a e Irmã Mônica, líder religiosa presidente da Ong Sonho de Criança, instituição de apoio as pessoas portadoras de HIV-AIDS e in memorian o poeta e jornalista Bandeira Tribuzi, e Carlos Madeira, jurista, professor e magistrado, membro do Supremo Tribunal Federal.

Artistas reverenciam os 195 Anos do Teatro Artur Azevedo

Os 195 anos do Teatro Artur Azevedo serão festejados com o show “Louvação a São Luís”. Show de música popular em homenagem também aos 400 anos de São Luís.

Participam os cantores Fátima Passarinho, Mano Borges, Cláudio Pinheiro, César Nascimento, Gabriel Melônio, Flávia Bittencourt, Inácio Pinheiro, Fernando de Carvalho, Luciana Simões e Roberto Brandão. A celebração tem início às 20h e a entrada é gratuita.

Serviço

Dia: 1º (sexta) às 20h

Produção: TAA

Ingressos: Entrada Franca (com retirada de convite na bilheteria do Teatro 1h antes do show)

Indicação: Livre

Duração: 90 minutos.

Governadora Roseana define com Orquestra Sinfônica Brasileira e Vale concerto para os 400 Anos de São Luís

Governadora Roseana Sarney com diretores da OSB e de empresa parceira do evento

A Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB) vai prestar uma homenagem aos 400 anos de fundação de São Luís, numa apresentação especial na capital maranhense. Os detalhes da grande festa foram discutidos pela governadora Roseana Sarney, nesta sexta-feira (27), no Palácio dos Leões, durante reunião com diretores da OSB e da Vale, empresa parceira da iniciativa.

“Será um presente especial para os maranhenses, que vão ter uma bela apresentação e um repertório escolhido para esse momento. O concerto será um dos pontos altos da programação festiva de comemoração aos quatro séculos de São Luís”, declarou Roseana Sarney.

Da OSB, participaram da reunião o gerente de Marketing e Comunicação, Agenor Carvalho; e os diretores artísticos Pablo Castellar e Fernando Bicudo. “Estamos preparando um belo repertório e, com certeza, o público vai se emocionar com a apresentação que vai valorizar a cultura maranhense”, revelou Bicudo.

Representando a Vale, a Analista de Patrocínios, Flávia Rocha, e de Relações Institucionais, Vanessa Tavares, informaram que a apresentação da Orquestra Sinfônica Brasileira integra um conjunto de projetos culturais que marcarão as diversas comemorações do aniversário da cidade ao longo do ano, incluindo atividades em parceria com o Governo do Estado.

A reunião contou, ainda, com a participação dos consultores da área de Cultura, José Pereira Godão e Ubiratan Sousa, e do secretário de Estado de Comunicação Social, Sérgio Macedo, que ficará responsável pela estratégia de divulgação da Orquestra Sinfônica no calendário de atividades dos 400 anos de São Luís.

A OSB

A Orquestra Sinfônica Brasileira foi fundada em 1940, pelo maestro José Siqueira. É o mais tradicional conjunto sinfônico do país, sendo reconhecida pelo pioneirismo de suas ações: primeira orquestra brasileira a realizar turnês pelo Brasil e exterior, apresentações ao ar livre e projetos de formação de plateia.

A história da OSB traz como marca a contribuição de grandes músicos e regentes, como Eleazar de Carvalho e Isaac Karabtchevsky. Além de ter revelado nomes como Nelson Freire, Arnaldo Cohen e Antônio Meneses, a OSB também contou em sua história com a colaboração de alguns dos maiores artistas do século XX: Leonard Bernstein, Zubin Mehta, Kurt Sanderling, Arthur Rubinstein, Martha Argerich, Kurt Masur, Claudio Arrau, Mstislav Rostropovich, Jean-Pierre Rampal e José Carreras, entre outros.

As missões institucionais da OSB contemplam a conquista de novos públicos para a música sinfônica, o incentivo a novos talentos e a divulgação de um repertório diversificado, objetivos alcançados em mais de 4 mil concertos realizados durante sete décadas de trajetória ininterrupta.

Dia do Circo – 27 de março

O dia do circo foi criado em homenagem ao palhaço Piolim, Abelardo Pinto, que comandou o circo Piolim por mais de trinta anos.

Seu pai havia sido dono de circo quando Abelardo ainda era pequeno, local onde aprendeu a tocar violino, a fazer contorcionismos e acrobacias.

A data foi instituída em razão de seu nascimento, no ano de 1897, em Ribeirão Preto, no estado de São Paulo.

Abelardo chegou a fazer espetáculos beneficentes, junto com um grupo de artistas espanhóis, que lhe deram o apelido de Piolim, que significa barbante, devido às pernas compridas e também por sua magreza.

Piolim era engajado com os movimentos artísticos e culturais, sempre preocupado em divulgar a arte como forma de expressão cultural.

Foi homenageado pelos intelectuais da semana de arte moderna (Tarsila do Amaral, Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Anita Malfati, e outros) em 1922, como o maior artista popular brasileiro.

Em dois de agosto de 1931 recebeu uma homenagem de Mário de Andrade, através de uma crônica que demonstrava seu encantamento com a arte do circo de Piolim.

Um dos maiores sonhos desse palhaço era montar uma escola circense, para manter as tradições artísticas e culturais do circo, mas morreu antes de concretizá-lo, aos 76 anos de idade, no ano de 1973.

Por Jussara de Barros
Graduada em Pedagogia
Equipe Brasil Escola

“Dá saudade, mãe é mãe” Diz Maria Rita em pré-estreia de show com repertório de Elis

Maria Rita escolheu “Imagem” para abrir o show em homenagem à mãe, Elis Regina, nesta segunda (19) no Rio de Janeiro. O evento para convidados no Vivo Rio antecedeu a estreia oficial em Porto Alegre, em 24 de março.A apresentação começou às 22h20, e após “Imagem”, Maria Rita cantou “Arrastão”. “Todo mundo me pergunta o porquê de eu ter demorado tanto para cantar Elis Regina. A verdade é que eu me emociono muito. Dá saudade, mãe é mãe”, disse Maria Rita em vídeo exibido antes do show.

Regina Duarte, que apresentou o projeto junto com a filha Gabriela Duarte, definiu a turnê como “uma carta de amor dos filhos à mãe”.

“Acho que é uma coisa muito forte, bonito e merecido a Maria Rita cantar Elis. Elis é a grande deusa da MPB, seu grande legado é que ela seguiu a risca a palavra amizade e eu fui um dos amigos escolhidos por ela”, elogiou Milton Nascimento.

Outro amigo de Elis que foi ao evento foi João Bosco. “Vai ser uma emoção muito diferente para a Maria Rita. Estou achando belíssimo a Elis reviver através da Maria Rita. Eu e Elis tivemos anos de intensa amizade, ela gravou dezenas de músicas minhas”.

Ary Fontoura disse lembrar de Maria Rita ainda criança, “de vestido florido indo para a escola”, e Moraes Moreira se disse emocionado. “Vim ouvindo Elis no carro”.

Luciano Huck e William Bonner recebem homenagem da Aeronáutica

Não é só o público que reconhece o trabalho de Luciano Huck e William Bonner na tevê. A Força Aérea Brasileira, que anualmente condecora profissionais de diversas áreas com a comenda Ordem do Mérito Aeronáutico, vai prestar uma homenagem aos dois profissionais na quarta-feira (26), às 10h, na Base Aérea de Brasília e no Rio de Janeiro.

A cerimônia em Brasilia será comandada pela Presidente Dilma Rousseff e contará com a presença do Ministro da Defesa, Celso Amorim, e do Comandante da Aeronáutica Tenente-Brigadeiro Juniti Saito.

Segundo informou a assessoria de comunicação da FAB, esta é a maior comenda do comando da aeronáutica, que tem como finalidade reconhecer as pessoas em diferentes campos de atuação.

“Historicamente a comenda é entregue na ocasião do aniversário da Força Aérea e várias pessoas são agraciadas em diversas categorias como medicina, direito, letras, entre outros. É uma homenagem, que acontece uma vez por ano e nesta edição temos 138 agraciados”.

Ainda de acordo com as informações da assessoria, a medalha é divida em quatro graus sendo ‘grande oficial’, ‘comendador’, ‘oficial’ e ‘cavaleiro’, sendo que estas subdivisões não significam maior ou menor importância. Luciano Huck e William Bonner receberão a condecoração de Oficial.

A comenda, que já homenageou o arquiteto Oscar Neimeyer, também será concedida aos jornalistas Amauri Sérgio Soares e Lilian Maria Telles.

A celebração no Rio de Janeiro deve contar com a presença de Bonner, âncora do Jornal Nacional, da Globo. Já a de Brasília estará Luciano, que apresenta o Caldeirão do Huck.

Nova Bossa canta Chico

Show da banda Nova Bossa em homenagem à carreira do cantor carioca Chico Buarque acontece dia 8 de outubro, às 22h, no Let it Beer (Ponta da Areia). Participação do Dj Alladin e convidados. R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). Ingressos à venda no local. Informações: 3221-3364.

Por : William  Santos

HOMENAGEM

A presidente da Fundação Antonio Jorge Dino, Enide Moreira Lima Jorge Dino, foi homenageada pelo Rotary Club Praia Grande, quando foi convidada para ser sócia honorária do Clube.

Na ocasião, a assessora Silvia Dino fez uma explanação sobre a campanha Mc Dia Feliz, que acontece em todo o Brasil sob a coordenação do Instituto Ronald Mc Donald, no dia 27 de agosto.

Só para lembrar: já estão sendo vendidos os produtos alusivos à campanha, como chaveiros, bolsas, bonés, canecas, ingressos para shows e os tíquetes para comer Big Mac. Na foto, Enide e Silvia Dino com o presidente do Rotary Carlos Augusto e Concita Viana.

Por: William Santos

FELIZ DIA DAS MÃES

Hoje site da Revista CARAS E NOMES faz uma exuberante homenagem mais que merecida para as belíssimas mães, esse ser que cuida dos seus filhos como uma mina de ouro, um ser especia, para todos os filhos que valoriza e respeita as suas mães. Veja alguns registros e um FELIZ DIA DAS MÃES!

Tatiana Lobão e Pietro Lobão.

Tereza Santos entre os seus filhos WS e Franciane Santos.

Dalva Lemos e suas filhas Luana Lemos e Rafaela lemos.

Joana Darc entre Arthur e Brenda.

Josy Martins e Milena Martins.

Ana Luiza e Juliana Coelho.

Mônica Moreira Lima e Matheus M. Lima.

Fernanda Moraes entre Giovanni Moraes.

Glícia Gentil entre Filipe e Daniel Gentil.

Dallin Daenna entre Carol e Marcel Araujo.

Por: William Santos

HOMENAGEM AO TRABALHADOR

Na semana das comemorações pelo Dia do Trabalho (1º de Maio), a Secretaria de Trabalho e Economia Solidária (Setres) realizou, na manhã desta quinta-feira (5), uma homenagem aos profissionais que buscam os serviços oferecidos pelo órgão por meio do Serviço Nacional de Emprego (Sine). Na ocasião, o secretário José Antônio Heluy falou das políticas públicas para o setor e fez uma apresentação informal do site Portal Trabalho Maranhão, que está em fase de teste no endereço www.trabalho.ma.gov.br.

Estiveram presentes o vice-governador Washington Luiz Oliveira; os secretários de Ciência e Tecnologia, João Bernardo Bringel; da Igualdade Racial, Claudett Ribeiro; da Mulher, Catharina Bacelar; de Articulação Institucional, Rodrigo Comerciário; e o chefe da Seção de Políticas de Trabalho, Emprego, Renda e Economia Solidária da SRTE-MA, Ricardo Gonçalves.

José Antônio Heluy fala aos trabalhadores sobre políticas públicas.

Para José Antônio Heluy, o encontro foi uma maneira de mostrar aos trabalhadores maranhenses que as políticas do Estado são transversais, atravessando as competências das secretarias de Estado. “Na Ciência e Tecnologia, por exemplo, temos parceria de qualificação; na Igualdade Racial também e há mais uma série de secretarias que também participam ativamente da definição e execução dessas políticas”, detalhou Heluy.

O vice-governador Washington Luiz destacou a importância de manter o diálogo entre poder público, classe patronal e classe trabalhadora. “O Governo do Estado tem interesse em fazer com que o maranhense se apodere dos muitos empregos que estão chegando ao Maranhão por meio dos grandes empreendimentos”, assinalou Washington Luiz. “Para isso, tem investido em qualificação profissional e no próximo dia 10 anunciará um grande programa de qualificação para todo o estado”, complementou.

O trabalhador Joélio das Neves, que procura um novo trabalho há três semanas, afirmou que o interesse do Governo é o mesmo da população. “Queremos participar desse momento de muitos empregos no Maranhão, sim, e espero conseguir uma vaga nesse cursos que serão oferecidos, seja na refinaria ou em outro empreendimento”, garantiu.

Site

O secretário José Antônio Heluy também fez uma apresentação informal do Portal Trabalho Maranhão, que agrega notícias, informações e serviços do Sine, do Seguro-Desemprego e mercado de trabalho maranhense. “Estamos apresentando primeiramente ao trabalhador que freqüenta o Sine porque é ele quem vai dizer se o serviço está satisfatório”, esclareceu. “Faremos um lançamento depois, para que todos conheçam, acessem e utilizem os serviços oferecidos pelo portal”, ressaltou.

O Portal Trabalho Maranhão (www.trabalho.ma.gov.br) está em fase de testes. Na página, haverá espaço para serviços de cadastro de trabalhadores para o Sine, busca de vagas, requisição de seguro-desemprego e cadastro de empregador, entre outros.

Fonte: SETRES/SECOM

Vice-governador participa de homenagem do Uniceuma ao professor Cabral Marques

O vice-governador Washington Luiz Oliveira participou da solenidade de inauguração do busto do primeiro reitor do Uniceuma, professor José Maria Cabral Marques. O evento aconteceu na noite de sexta-feira (15), no Salão Nobre da Biblioteca Presidente José Sarney, no campus Renascença. Participaram autoridades, professores, funcionários do Uniceuma e familiares do homenageado.

Antes do descerramento da placa e do busto, a reitora da instituição, professora Cristina Nitz da Cruz fez um resumo da história do professor Cabral Marques, destacando suas inúmeras contribuições na área da educação.

Washington Luiz também fez um pronunciamento e, em nome da governadora Roseana Sarney, destacou a importância do homenageado para o desenvolvimento do Maranhão. “Parabéns ao professor Cabral Marques e também ao povo do Maranhão, que ganhou o Uniceuma, esta instituição que hoje é reconhecida e respeitada”, disse o vice-governador, que em seguida entregou uma mensagem da governadora nas mãos do professor.

O professor José Maria Cabral Marques tem hoje 81 anos e completará 82 em setembro. A homenagem a ele ocorre por ocasião das comemorações do aniversário de 21 anos do Uniceuma, que foi a primeira instituição de ensino superior particular do Maranhão.

“Para mim é uma satisfação receber esta homenagem em nome desta instituição, que também faz parte da minha história e que vi crescer e se desenvolver”, disse o professor Cabral Marques.

Do:ma.gov.com

Nordeste Culinária

Estão abertas as inscrições para a quinta edição do “Nordeste Culinária” que este ano terá como sede a capital maranhense e promete movimentar o mercado gastronômico contribuindo para a capacitação de profissionais do setor. Nesta edição, o evento homenageia a culinarista Beta Heluy, libanesa, radicada no Maranhão, famosa pelos seus banquetes organizados à fina sociedade de São Luís.

A iniciativa receberá cerca de 400 pessoas e reúne os maiores nomes de alimentos e arte-culinária do Brasil, entre eles: a culinarista Luzinete Veiga, o cozinheiro Alexandre Bispo, e a cake designer Rosangela Marinho; além de chef´s internacionais, como o francês Fabrice Le Nud. O evento também estimula os saberes populares e valoriza os talentos locais, como a Tia Noca que será uma das conferencistas; com mais de trinta anos de experiência e tem como carro-chefe os pratos típicos do Maranhão.

A programação inclui aulas direcionadas, palestras e uma mostra comercial, com ótimas oportunidades de negócios, que traz todas as novidades em equipamentos, utensílios, serviços e matéria-prima no ramo da gastronomia, assim como trabalhos artesanais para conhecimento e consumo.

Entre os convidados especiais está o biomédico Roberto Martins Figueiredo, mais conhecido como o Dr. Bactéria, consultor e uma das principais autoridades brasileiras em saúde pública, além de um dos maiores especialistas em higiene de alimentos.

O Congresso acontece de 27 a 30 de abril no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana. O credenciamento será no dia 26, a partir das 13h. Mais informações e inscrições: www.nordesteculinaria.com.br / 98 8115 7430.

NORDESTE CULINÁRIA – Congresso de alimentos e arte-culinária.

Credenciamento: 26 de abril, a partir das 13h.

Dias 27 a 30 de abril de 2011, das 8h da manhã às 20h.

Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana – Cohafuma

Inscrições e informações: www.nordesteculinaria.com.br / 98 8115 7430.

Realização: Associação Maranhense de Culinária Beta Heluy – AMAC.

por: William Santos

Polícia Militar homenageia os 100 anos de nascimento de João Carlos Dias Nazareth

A Polícia Militar do Maranhão (PMMA) realiza, nesta terça-feira (12), às 8h, solenidade em homenagem aos 100 anos de nascimento de João Carlos Dias Nazareth (in memorian), pai da cantora Alcione de Nazaré, tenente regente da Banda de Música da Corporação e autor da canção da PMMA. A cerimônia acontecerá no Quartel do Comando Geral, no Calhau.

Como parte da programação será realizada a formatura militar com a presença do comandante geral, coronel Franklin Pacheco Silva, oficiais e praças da corporação. Também estarão presentes o secretário de Segurança de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes, além de secretários de estado, representantes das Forças Armadas, da Polícia Civil, do judiciário, a cantora Alcione e familiares. Na oportunidade autoridades serão homenageadas com placas alusivas à data.

Histórico

João Carlos Dias Nazareth nasceu na fazenda Aliança, no município de Cururupu, em 10 de abril de 1911, filho de Anastácio Dias Nazareth e Assunção de Farias Nazareth.

Em 25 de fevereiro de 1993, quando tinha 12 anos de idade, perdeu seu pai e também o sabor pelos brinquedos, trocando-os pelas responsabilidades de chefe de família. Começou a trabalhar junto à mãe com auxílio do irmão Antonio Carlos a fim de vencer as dificuldades.

Por atritos familiares envolvendo sua avó foi mandado por sua mãe para uma oficina de ferreiro em Retiro de Santana, lugar muito distante, o que permitia voltar em casa apenas uma vez por mês. Devido à ausência da família, resolveu não voltar mais a oficina e falou da vontade de aprender música. Teve como professor José Alípio de Moraes Filho, na cidade de Cururupu, distante 21 km da Aliança.

Trabalhou com cavalos, entregador de leite, nesta última função conseguiu juntar 100 mil reis e comprou um piston. Junto com alguns amigos organizou um pequeno conjunto e o dinheiro que ganhavam tocando aos domingos compravam novos instrumentos musicais.

Em 26 de março de 1935 ingressou como praça na Polícia Militar do Maranhão e como soldado associou-se no Sindicato de Trapicheiros e classes anexas. Aprendeu, também, oficina de marceneiro, estudou no Educato em regime de internato e trabalhou como ajudante de torneiro. Passou a aprendiz de músico.

O comandante da Polícia Militar na época era o coronel Elisses César Marques e o maestro da banda de música era Álvaro Malhão Costa a quem deve a prática de orquestra para banda.

Reformou-se por tempo de serviço no posto de 1° tenente, em 30 de março de 1966, com comportamento excepcional.

Dentre seus trabalhos de composição, além de muitos dobrados para banda em homenagem a comandantes e governadores, existem valsas, hinos, como o da Polícia Militar, hino a bandeira do Maranhão além de músicas populares como ‘Cajueiro velho’, ‘Itelvina minha nega’, gravadas por Alcione e sucesso nacional.

Por: Raíla Maciel

Roberto Carlos ganha exposição em homenagem ao aniversário

Roberto Carlos é homenageado por seus 70 anos de vida e ganha exposição em São Paulo. O Rei, que comemorou seus 50 anos de carreira em 2010, e celebrará os 70 anos de idade no próximo 19 de abril, será o tema da exposição Roberto Carlos – O Artista e seu Público, no Espaço Cultural Citi, na Avenida Paulista, 1111, em São Paulo, que estreia na próxima segunda-feira (11).

Para o curador do evento, Jacob Klintowitz, o conceito da mostra é “apresentar Roberto Carlos na ação de um artista: com a orquestra, com colegas, cantando, no palco, sob as luzes nos show, frente a milhares de admiradores. Ele é tratado como um homem que elevou a sua atividade ao nível mais alto e como isto teve a aceitação e o amor de uma população”.

A exposição conta com 40 fotos que retratam momentos de sua carreira, mostrando desde o início da Jovem Guarda até os dias atuais. Além das fotos, uma pequena obra de arte de 1976, feita por Maria Helena Chartuni.

A exposição Roberto Carlos – O Artista e seu Público vai ocupar o Espaço Cultural Citi, na galeria de arte da Avenida Paulista, entre os dias 11 de abril e 27 de maio.

Por: Raíla Maciel