Tag Archives: filme

Divulgados cartazes de oficiais de Amanhecer – Parte 2

Foram divulgados três cartazes oficiais do filme da Saga Crepúsculo, “Amanhecer – Parte 2”, que tem previsão de estreia marcada para o dia 16 de novembro de 2012. Confira!

Amanhecer – Parte 2

Amanhecer – Parte 2

American Pie 4: O Reencontro

Titulo Original: American Reunion

Gênero: Comédia
Duração: 113 min.
Origem: Estados Unidos
Estreia: 20 de Abril de 2012
Direção: Jon Hurwitz e HaydenSchlossberg
Roteiro: Jon Hurwitz e Adam Herz
Distribuidora: Universal Pictures
Censura: 16 anos
Ano: 2012

Na comédia American Pie 4: O Reencontro, todos os personagens de American Pie que conhecemos há mais de dez anos estão de volta à escola EastGreat Falls para um encontro da turma do segundo grau. Em um final de semana devido  há muito tempo, eles irão descobrir o que mudou, quem não mudou e que nem o tempo nem a distância podem quebrar os laços de amizade.

Foi no verão de 1999 que quatro rapazes de uma pequena cidade de Michigan iniciaram uma jornada para perderem a virgindade. Durante os anos que se passaram, Jim e Michelle se casaram enquanto Kevin e Vicky disseram adeus. Oz e Heather se separaram, mas Finch ainda sonha com a mãe de Stifler. Agora estes amigos de toda vida voltam para casa como adultos para relembrarem – e se inspirarem – nos adolescentes cheios de hormônios que lançaram esta comédia lendária.

Ex-BBB Fabiana é convidada para viver Rita Cadillac no cinema

A ex-BBB Fabiana foi convidada por uma produtora para interpretar a ex-chacrete Rita Cadillac em um filme.

Segundo a assessora de imprensa da segunda colocada do “BBB12”, serão apenas algumas cenas, mas a participação ainda não foi fechada. Mesmo sem experiência em atuar, Fabiana está disposta a  viver o papel da ex-chacrete.

Fabiana teria chamado a atenção dos produtores do filme enquanto ainda estava confinada no reality show. “Outras pessoas fizeram o teste, mas eles gostaram da Fabiana por ela ser loira e saber dançar”, afirmou Daniele Papini, assessora de imprensa da ex-BBB. “Mas o papel é para viver a Rita Cadillac no auge de quando ela estava no Chacrinha”, explicou.

Outro projeto que Fabiana pretende realizar é o de posar nua. A ex-BBB foi convidada pela “Playboy” para um ensaio sensual e afirmou que está analisando a proposta com cuidado por causa da família. Fabiana é casada e tem um filho de 6 anos.

Filme maranhense, “Flor de Abril” será lançado na quinta-feira (19)

A noite desta quinta-feira (19) será de festa para a sétima arte maranhense. O cineasta Cícero Filho, estará lançando seu terceiro longa-metragem, o filme “Flor de Abril”, em avant-premiére, às 19h, somente para convidados no Teatro Arthur Azevedo (Centro). O filme tem patrocínio do Governo Maranhão e foi um dos projetos selecionados no Edital Universal para a Cultura, da Secretaria de Estado de Cultura (Secma).

“Flor de Abril” acompanha a trajetória de Teresa, moça ingênua e romântica, vítima de uma série de circunstâncias extremas. Tendo por tema central a busca pelo amor, o filme aborda também as perdas que afetam a vida de todos os personagens. Com duração de 110 minutos, conta no elenco com os atores Dayse Bernardo, Vinicius Fiamini, Eric Gaigher e Diego Soares.

O roteiro é assinado pela jornalista Kelma Gallas e pelo escritor Paulo Batalha. A produção tem direção musical de Alfredo Werney e direção geral de Cícero Filho, que já dirigiu o drama “Entre o Amor e a Razão” (2006) e a comédia “Ai que Vida” (2007), sucesso em muitas telonas das cidades brasileiras.

A produção do filme envolveu um grande contingente de profissionais. Mais de 500 pessoas trabalharam nos três anos de produção, entre atores, figurantes e produtores. Comunidades do interior também participaram das filmagens.

“Flor de Abril” teve cenas gravadas nas localidades maranhenses de Barro Vermelho, povoado de Poção de Pedras; Olho d’Água, povoado de Pedreiras; e em São Luís. No estado do Piauí, além de Teresina, cenas foram gravadas em Amarante e Campo Maior.

Projeto

O projeto foi iniciado no ano de 2008 com a redação da história pelo cineasta, seguida em 2009 da elaboração do roteiro, escolha do elenco e gravação da primeira etapa do filme. Em 2010, foram gravadas cenas da segunda e terceira etapas do filme. Em 2011, foram realizados os processos de edição, gravação, inserção da trilha sonora e finalização.

“Flor de Abril” teve o título originado de uma flor do nordeste brasileiro, que só nasce no mês de março, mas suas pétalas na cor púrpura desabrocham em abril. “O filme não pretende reproduzir o nordeste brasileiro idealizado dentro de uma estética acadêmica formal, mas revelar por meio de diversos referenciais culturais, os contornos dessa realidade”, destacou o diretor do filme.

QUADRO

OS PROTAGONISTAS

Dayse Bernardo – Atriz, modelo maranhense estreia nas tela interpretando três personagens, a protagonista Teresa, a prostituta Soraya Tempestade e a insatisfeita dona de casa Clarice.

Eric Gaiger – Ator paulista, faz sua estreia no cinema no filme Flor de Abril, na pele do sedutor Francisco Silva. Antes participou de algumas peças de teatro, musicais e comerciais para TV. Vive um caboclo do interior do Maranhão, agressivo e persuasivo. Provoca em Teresa um sentimento que ela não consegue controlar.

Vinicius Fiamini – Ator paulista, experiente em teatro, também faz sua estreia no cinema e vive no filme o Luciano, filho de um fazendeiro do nordeste que acaba casando com a Teresa, na segunda fase do filme. Vive um personagem em conflitos existenciais, principalmente por seguir uma carreira que não tem apoio da família.

Diego Soares, ator e modelo paulista, vive no filme o personagem Sandro, um peão emotivo e de bom coração que se torna objeto de desejo de Teresa. Também estreia em Flor de Abri, antes já tinha feito curtas e comerciais para TV.

DIRETOR

Cícero Filho – Maranhense de Poção de Pedras, é formado em Jornalismo no Piauí, estado onde residiu por alguns anos de sua vida. Atualmente, trabalha com cinema, produzindo documentários e telejornalismo. Lançou-se, em 2006, a produção “Entre o Amor e a Razão”. No ano de 2007, assinou a comédia “Ai que Vida”, sucesso no circuito alternativo de cinema em muitas cidades brasileiras. Desde então, tornou-se uma referência na produção de cinema amador no Brasil, com destaque de mídia e reconhecimento de público.

Suas produções são marcadas pelo olhar sobre o interior do nordeste brasileiro. A preocupação social é uma marca de seus filmes, tendo o cotidiano, as relações de gênero, a família, a religiosidade e o cenário político como referência.

Espelho, Espelho Meu

Filme em cartaz nos cinemas de São Luís

Titulo Original: Mirror, Mirror

Gênero: Comédia, Aventura, Drama e Fantasia
Duração: 106 min.
Origem: Estados Unidos
Direção: Tarsem Singh
Roteiro: Jacob Grimm e Wilhelm Grimm
Distribuidora: Imagem Filmes
Censura: 10 anos
Ano: 2012

SINOPSE

A magia de uma das mais famosas fábulas chega às telas de cinema em uma releitura original e encantadora que conquistará toda a família. Lily Collins (Um Sonho Possível) vive a princesa exilada Branca de Neve e é perseguida pela Rainha Má (Julia Roberts), que governa o reino sem piedade. Na sua luta para conquistar o trono a que tem direito e também para ganhar o coração do príncipe encantado (Armie Hammer), Branca de Neve contará com a ajuda dos leais e destemidos sete anões nessa aventura fantástica cheia de romance, rivalidade e muito humor.

Dilma recebe o ator Selton Mello no Palácio do Planalto

Presidente Dilma recebe o ator Selton Mello no Palácio do Planalto

A presidente Dilma Rousseff recebeu em seu gabinete nesta quinta-feira (22) o ator Selton Mello. Ele participa de uma mesa de debate com funcionários do Palácio do Planalto sobre seu filme mais recente, “O Palhaço”.

O ator chegou ao palácio por volta das 16h para acompanhar a exibição do filme no auditório do Anexo 2. A sessão faz parte do projeto Cine Planalto, que semanalmente exibe um filme nacional aos funcionários da Presidência.

Mello conversou rapidamente com Dilma. “Acho que a presidente tem muita coisa para fazer”, brincou, e negou que tenham falado sobre a indústria nacional do cinema ou sobre a permanência da ministra Ana de Holanda à frente da pasta da Cultura.

Dilma ainda não assistiu a “O Palhaço”, contou o ator, mas foi presenteada com um DVD do filme. Selton Mello disse que se sentiu “honrado” por ter sido recebido pela presidente e comparou o encontro com uma cena do filme.

“É curioso porque, no filme, o palhaço e a trupe conseguem um encontro com o prefeito. Eles vão a um almoço na casa do prefeito numa cidadezinha do interior e hoje o filme passou aqui”, disse.

Questionado se a presidente Dilma tem que lidar com muitos “palhaços” em Brasília, respondeu de forma bem humorada: “É verdade. Faz sentido”.

Do: oglobo.globo.com

A Dama de Ferro

Andrea Pavlovitsch

Esta semana eu fui ao cinema, assistir “A Dama de Ferro”. Duas vezes. E tenho certeza de que vou querer o DVD quando sair. Trata-se de um filme indicado ao Oscar (até onde eu sei, pelo menos pra melhor atriz) e que conta a história de vida de Margareth Thatcher, uma das mulheres mais poderosas do século XX, com toda a certeza. O filme mostra uma M., como seu marido a chama no fillme, velhinha, doente e que costuma falar com suas alucinações e se lembrar do passado o tempo todo. E mostra como uma mulher conseguir mudar a mentalidade de toda uma geração.

Eu não sou crítica de cinema. E não sou crítica política. Mas tenho dois olhos e duas orelhas e vejo o que tem por aí. E analiso muito as pessoas, haja visto a minha profissão. E sei que uma nação se faz pelo seu povo. Não são as riquezas naturais, não é o carnaval e o samba, é o caráter das pessoas. A autoestima, a autoconfiança e é isso que eu aprendi demais no filme.

Ela diz muitas frases de efeito. Defende seu povo com garras de leão e, muitas vezes, não foi compreendida por isso. Acabou deposta (será que é este o termo?), mas só depois de transformar um país numa das maiores potências mundiais. E tudo isso num pós-guerra decisivo.

O que mais me impressionou foi justamente o título: Dama de Ferro. Ela recebeu este apelido por ser implacável com tudo. Uma verdadeira lição do que eu chamo, e no filme também aparece, de firmeza. A firmeza é quando nos garantimos. É quando conseguimos defender uma ideia na qual acreditamos e não, não estamos nos importando se os outros gostam ou não disso. Isso aconteceu na carreira dela muitas vezes e na vida pessoal. Ela foi a primeira mulher a ser importante na política mundial ocidental. Ela entrava em gabinetes lotados de homens que diziam um sonoro “não” a cada uma de suas ideias. No final, ela conseguir provar todas, uma por uma, mantendo justamente a sua firmeza.

Enquanto a Inglaterra se matava lá fora, ela era firme. Foi firme quanto ao tributos pagos pelos ingleses. Pobres e ricos, segundo ela, precisam pagar tributos com a mesma porcentagem se quiserem usufruir das regalias de ser inglês. As pessoas foram para as ruas, indignadas, procurando uma mãe amorosa que os acolhesse. Ela mandou que eles levantassem e trabalhassem, se quisessem alguma coisa. Uma mulher completamente admirável.

É difícil vermos isso aqui no Brasil. Uma política decidamente paternalista, cuidando das pessoas como criancinhas, como pessoas que não são capazes de cuidar de si mesmas. Sempre dando e nunca exigindo nada. Bolsa-salário, bolsa-maternidade, bolsa-leite e mães e pais colocam mais dois ou três filhos no mundo pra garantir a aposentadoria barata e boa. E ainda tem as reclamações. Muitas reclamações. Reclamam porque foram morar num lugar apelidado de “Jardim Pantanal” e lá tem enchente! Não é incrível? Por que será? Vão pra TV reclamar, chorar que perderam tudo. Mas nada fazem para sair daquela situação. Quando o governo tenta desocupar um terreno invadido, as pessoas depredam ônibus, matam e morrem, para não sair de lá. Ninguém vai pra rua, depredar ônibus, quando um político safado rouba. Mas para garantir que aquilo que fizeram de errado permaneça, aí sim. E isso não é a política, o governo. É a mentalidade. É como as pessoas pensam que a vida deveria ser ( e sim, isso inclue a mentalidade dos políticos muitas vezes). Um pai e uma mãe amorosa (governo), que dá tudo e não exige nada. Que paga suas contas, seus impostos. No fillme, M. fala, em determinado momento, que quando não se paga nada, não se dá valor ao que se tem. Quando não sepaga um imposto, não interessa onde colocará seu lixo, é isso mesmo! Para que uma pessoa que não paga o lixeiro, o gari, e tudo mais, vai se preocupar, se tem um trouxa lá pra pegar o lixo deles, a sujeira deles? Para que se eu sou um bebê sendo cuidado? O que fazem os bebês? Caquinhas que os adultos limpam! E assim se criou uma geração de brasileiros-bebês, preocupados em balançar a bunda num carnaval que para o país por 2 meses, que gasta mais de 2 BILHÕES em verbas que poderiam estar alimentando crianças carentes ou dando escola e oportunidade para elas, mas que só faz medidas populistas para ganhar as próximas eleições, manter-se no poder e continuar mamando. Porque também são bebês chorões alimentados pela grande mãe, pátria amada, Brasil.

Enquanto essa mentalidade não mudar, não muda nada. E cabe a cada um de nós, eu, você, seu vizinho, mudar um pouco em si e conseguir seguir uma consciência do todo melhor. Não adianta só criticar, é preciso fazer algo de dentro para fora. O que adianta eu criticar e, na primeira oportunidade, pendurar minhas chuteiras numa aposentadoria falsa do INSS? O que adianta eu criticar e mandar meu lixo pela janela? Ou reclamar quando chega a conta de luz, uma luz que eu usei, muito bem usada!

Assistir o filme abriu para mim um mundo de possibilidades. De que devemos ser firmes conosco, nos tratarmos com carinho e respeito, mas saber que fazemos parte de um todo, que precisa da nossa ajuda. Não só pintar a cara para aparecer na TV, mas tirar as máscaras para ajudar a fazer um país no qual, de fato, as injustiças sociais sejam eliminadas. Injustiças? Não sei, este é tema para outro artigo.

Metallica vai lançar filme em 3D, com previsão para 2013

O Metallica anunciou no seu site oficial que irá registrar em 3D um dos shows da turnê pela Europa que a banda fará em 2012. A banda já vinha pensando no projeto desde o ano passado, mas só agora acertou quem vai dirigir e produzir o filme.

O escolhido para direção foi o húngaro Nimrod Antal, diretor do último filme da série “Predador” que também já vez fama no circuito de filmes de arte na Europa. O baterista Lars Ulrich falou sobre o novo parceiro: “Eu sou um fã do Nimrod desde seu primeiro filme húngaro, ‘Krontroll’.

Com apenas 5 minutos de conversa, eu fiquei viciado no entusiasmo dele, no seu processo criativo e a na maneira de ‘pensar fora da caixa’ que marca sua personalidade”.

Para produzir do filme, a escolhida foi Charlotte Huggins, executiva de Hollywood com uma longa história no mercado 3D. Seu último filme, “Viagem 2: A Ilha Misteriosa”, é um dos maiores sucessos de bilheteria de 2012. O filme será filmado no meio do ano, com previsão de lançamento para o início de 2013.

Fonte: namira

Personagem de Alinne Moraes procura um passado novo em longa-metragem com Lázaro Ramos

Alinne Moraes (“O Homem do Futuro”) está no novo filme de Lula Buarque de Hollanda, “O Vendedor de Passados”, adaptação para o cinema do romance homônimo do escritor angolano José Eduardo Agualusa.

Alinne interpreta uma mulher que precisa de um novo passado e contrata um profissional que oferece esse serviço por meio de fotos, documentos e vídeos. “É uma mulher muito misteriosa, muito forte”, disse Alinne durante evento promovido pela Imagem Filmes para divulgar o projeto, que atualmente está na fase de ensaios.

A razão pela qual ela precisa desse tipo tão especial de serviço é um dos segredos do roteiro de “O Vendedor de Passados”. “É a personagem mais delicada e mais desafiadora para mim como atriz”, confessa.

O profissional que arrumará uma nova vida para a personagem de Alinne Moraes é interpretado por Lázaro Ramos, que está no projeto há muito tempo. “Eu li uns quinze tratamentos do roteiro”, disse o ator. “Às vezes, durante os ensaios, eu falo de cenas que nem estão mais no filme.”

“O Vendedor de Passados” começa a ser gravado em 2012 e o lançamento está planejado para o final do ano.

Com Falcão como pastor pop-star e vocalista do Natiruts como assaltante, “Um Assalto de Fé” satiriza igrejas evangélicas

Três pilantras pés-rapados, uma igreja evangélica não exatamente idônea e um plano de assalto – é essa a receita da comédia “Um Assalto de Fé”, estreia da diretora brasiliense Cibele Amaral na direção de longas-metragens, que chega aos cinemas nesta sexta-feira (2), depois de ser exibida nos festivais de Brasília e do Rio em 2010, com o título de “O Galinha Preta”.

Com potencial para causar polêmica entre evangélicos, o filme tem Alexandre Carlo, vocalista do Natiruts, como protagonista, além da participação do cantor e humorista Falcão como um pastor pop-star

Falcão, que já fez graça com religiões em músicas como “Onde Houver Fé, que Eu Leve a Dúvida”, conta que existe muita expectativa sobre como sua atuação como pastor. “Ainda não recebi críticas de evangélicos, porque o filme só está estreando agora, mas estou preparado. O cinema em geral é feito para criar discussão. Achei muito interessante o roteiro e a critica que o filme faz dessas igrejas mafiosas”, diz Falcão, que também compôs as músicas que seu personagem canta no filme, junto com o diretor musical Patrick de Jongh.

“Amanhecer – Parte 1” já levou 600 mil pessoas ao cinema no Brasil; estimativa é de 1,7 milhão no fim de semana

Lançado simultaneamente em mais de 1100 salas de cinema no Brasil (um dos maiores números da história do cinema nacional), “A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 1” foi assistido por mais de 600 mil pessoas em seu primeiro dia de exibição no país, segundo dados parciais da Paris Filmes.

A previsão da distribuidora é que o público possa chegar a 1.700.000 neste fim de semana. Se o número se confirmar, será o maior público da saga, que tem até então ‘Eclipse’ como maior audiência em seus primeiros dias de exibição.

Nos Estados Unidos

“Crepúsculo”, baseada nos populares romances de Stephenie Meyer, já é uma das mais lucrativas franquias da história de Hollywood. Mas o recorde das sessões da meia-noite na América do Norte ainda pertence a “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2”, que somou 43,5 milhões de dólares. O capítulo final da franquia “Harry Potter” também bateu outro recorde, o de melhor fim de semana de estreia nos EUA e Canadá, com 169,2 milhões de dólares.

A produtora e distribuidora Summit Entertainment alertou contra as comparações, lembrando que “Harry Potter” se destina a um público mais amplo que “Crepúsculo”, voltado para a plateia feminina.

Pica-Pau de volta ao cinema

Pica-Pau voltará ao cinema em um longa-metragem pela Universal Pictures e Illumination Entertainment. O roteiro será escrito pela dupla de Escorregando para a Glória, John Altschuler e Dave Krinsky.

O personagem nasceu em curtas para as telonas em 1940, coadjuvando nos desenhos do Andy Panda e logo ganhou destaque, migrando para a televisão.

Ainda não se sabe se o filme será uma animação por computação gráfica, como os produtos da Ilumination Meu Malvado favorito e O Lorax- Em Busca da Trúfula Perdida, ou será uma mistura da técnica com atores reais, como Hop-Rebelde Sem Páscoa.

Uma coisa é certa, porém, não espere em tempo de politicamente correto cenas como a de O Barbeiro de Sevilha, lado, ao com

Atores de Amanhecer prestigiam pré-estreia em Londres

A maratona de Kristen Stewart, Robert Pattinson e Taylor Lautner, atores de Amanhecer, continua a todo vapor. Todos os três estiveram na pré-estreia do filme, desta vez em Londres. Eles já tinham comparecido em Los Angeles.

Ela estava com um vestido lindo, preto e longo, cheio de detalhes. Robert e Taylor não inventaram e apostaram no terno. A única diferença entre ambos é que Robert estava de camisa escura e Taylor de branca.

Recentemente, Kristen assumiu discretamente o namoro com Robert durante uma entrevista. Voltando ao filme, algumas cenas de Amanhecer foram rodadas no Rio de Janeiro.

O filme estréia amanhã nos cinemas de São Luís. Imperdível!

Dica de cinema Caras e Nomes

Filme 11-11-11

Titulo Original: 11-11-11

Gênero: Terror e Suspense
Duração: 100 min.
Origem: Estados Unidos e Espanha
Estreia: 11 de Novembro de 2011
Direção: Darren Lynn Bousman
Roteiro: Darren Lynn Bousman
Distribuidora: Vinny Filmes
Censura: 12 anos
Ano: 2011

SINOPSE

Depois da trágica morte de sua esposa e filho, o escritor Joseph Crone viaja até a Espanha para rever seu irmão e seu pai moribundo. Não tarda para que ele comece a ter encontros sombrios, acompanhados pelo avistamento do número 11. A curiosidade vira obsessão e Joseph descobre que 11/11/11 não é apenas uma data, mas um aviso.

CURIOSIDADES

– Do mesmo diretor de Jogos Mortais 2, Jogos Mortais 3 e Jogos Mortais4.

ELENCO

  • Timothy Gibbs
  • Michael Landes
  • Denis Rafter
  • Wendy Glenn
  • Lluís Soler
  • Brendan Price
  • Lolo Herrero
  • Montserrat Alcoverro
  • Benjamin Cook
  • Salomé Jiménez.

“Os residentes” em cartaz no CPG

Uma das cenas do filme “Os residentes”

O drama brasileiro Os residentes (2010), do diretor Tiago Mata Machado, é o filme em cartaz no Cine Praia Grande, a partir desta sexta-feira (21) até domingo (30), nas sessões das 16h, 18h e 20h, com ingressos a preços populares de R$ 10,00 e meia- entrada R$ 5,00. O filme com 120 minutos de duração tem classificação Livre.

A história e passa em uma casa abandonada, onde os residentes instauram uma nova zona autônoma temporária. Jura e o filho se alojam na cozinha, Matheus e Ava se enfurnam num quarto, Dimas marca seu território pelas paredes da casa. Logo, eles receberão novos hóspedes: um velho militante neoísta, um auto-exilado e uma artista plástica de renome, aparentemente sequestrada. As ambiências lúdicas que o grupo cria dentro da casa começam repentinamente a se proliferar pelas ruas da cidade.

“Os Residentes” é basicamente um filme sobre os problemas do ato de narrar. É um filme sobre desequilíbrios, e ele ser meio desequilibrado também faz sentido. Isso está quase explicitamente patente na cena em que Dellani Lima fica girando em cima de uma bicicleta, seguindo sempre o mesmo traçado, até se desequilibrar e cair.

O Cine Praia Grande integra o ciclo de salas de arte do centro de Criatividade Odylo Costa, filho, órgão da Secretaria de Estado de Cultura, na Rampa do Comércio, 200- Praia Grande. Informações pelo telefone 3218-9934.

Fonte: Secma

Reencontrando a Felicidade

Drama / Ano 2011 / 91 min

Título original: Habbit Hole

Diretor: John Cameron Mitchell

Elenco: Nicole Kidman, Aaron Eckhart, Dianne Wiest, Miles Teller.

Sinopse

Becca (Nicole Kidman) e Howie Corbett (Aaron Eckhart) formavam uma família feliz, mas suas vidas viraram do avesso após a morte do filho, Danny (Phoenix List), num acidente de carro. Depois de largar a carreira de executiva para virar dona de casa, ela tenta redefinir sua vida se cercando dos familiares e pessoas bem intencionadas para ajudar a superar a dor da perda. Enquanto dá início a uma “estranha” amizade com o jovem Jason (Miles Teller), motorista do carro no fatídico acidente, seu marido mergulha no passado, buscando apoio em estranhos que poderiam oferecer algo que a esposa não consegue. Assim, perdidos em seu sofrimento, os Corbett fazem escolhas surpreendentes para seu futuro.

Cine Praia Grande

No Centro de Criatividade Oduylo Costa Filho – Praia Grande

Sessões

16h, 18h e 20h