Assembleia Legislativa emite nota de pesar e deputados lamentam morte de Nenzin

  •                    NOTA DE PESAR

A Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão externa profundo pesar pelo falecimento do ex-prefeito de Barra do Corda e pai do deputado estadual Rigo Teles, Manoel Mariano de Sousa, mais conhecido como Nenzim. Ele foi alvejado por tiros, na manhã desta quarta-feira (6), na cidade de Barra do Corda.

Nenzim era considerado uma grande liderança política na região de Barra do Corda, cidade na qual foi eleito prefeito por três vezes, tendo deixado o último mandato em 2012.

No início da sessão desta quarta-feira, a Assembleia Legislativa solicitou, aos órgãos competentes, a imediata investigação deste bárbaro crime, ao tempo em que se solidariza com familiares, amigos e admiradores de Nenzim, e transmite as mais sinceras condolências por esta inestimável perda.

São Luís, 6 de dezembro de 2017

                                                       Deputado Othelino Neto
Presidente em exercício da Assembleia Legislativa do Maranhão

 

Deputados lamentam o falecimento do ex-prefeito de Barra do Corda, Nenzin

O plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão, na sessão desta quarta-feira (6), fez um minuto de silêncio pelo falecimento do ex-prefeito de Barra do Corda, Manoel Mariano Sousa, mais conhecido como Nenzin, que teria sido vítima de arma de fogo na manhã de hoje.

Os deputados Othelino Neto (PCdoB), Eduardo Braide (PMN), Francisca Primo (PCdoB), Edilázio Júnior (PV), Rafael Leitoa (PDT), Júnior Verde (PRB), Zè Inácio (PT) e Valéria Macêdo (PDT) lamentaram a morte do pai do deputado Rigo Teles (PV). “Gostaria de lamentar essa situação e pedir que a Mesa possa conceder um minuto de silêncio em respeito e em reconhecimento à vida, ao trabalho do senhor Nenzim e também tendo em vista que é o pai de um parlamentar desta Casa”, disse Eduardo Braide.

O presidente em exercício Othelino Neto, ao conceder o minuto de silêncio, afirmou que ia entrar em contato com o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela pedindo “que faça todos os esforços para solucionar o crime e prender os executores e eventuais mandantes, se for o caso”.

“Eu quero me solidarizar com o deputado Rigo Teles pelo falecimento de seu pai, o ex-prefeito de Barra do Corda, e pedir a Deus que conforte o seu coração e de toda a sua família”, acentuou Francisca Primo.

“Amanhecemos hoje com uma imensa tristeza com a confirmação do falecimento do ex-prefeito de Barra do Corda, senhor Nenzim. Aqui, como colega partidário do deputado Rigo Teles, quero externar as minhas condolências, os meus sentimentos a toda a família Teles, em especial a dona Santinha, a mãe do deputado Rigo Teles e esposa do Seu Nenzim. Também ao meu amigo Pedro Teles, pessoa a quem tenho também o maior carinho e o Júnior do Nenzin”, afirmou Edilázio Júnior.

Rafael Leitoa ao se solidarizar com a família do deputado Rigo Teles disse que os números falam dos investimentos na segurança pública. “Estão aí para serem analisados por qualquer cidadão e dizer que cada dia que passa comemorou mais um período sem homicídios no sistema penitenciário”, disse ele

O deputado Júnior Verde também subiu à tribuna com o sentimento de pesar e externou sentimentos ao amigo Rigo Teles. “Queremos externar os nossos profundos sentimentos ao amigo, companheiro, deputado Rigo Teles, a todos os seus familiares e amigos pelo falecimento do ex-prefeito de Barra do Corda, Manoel Mariano Sousa, que, infelizmente, foi vítima e todas as características apontam para crime de pistolagem”, afirmou Júnior Verde.

“Subo a esta tribuna consternado e lamento profundamente a morte do senhor Nenzim, ex-prefeito de Barra do Corda, pai do nosso amigo Rigo Teles. Me solidarizo também com todos seus familiares. E acredito que o sistema de segurança pública do Estado, através do Secretário Jefferson Portela, dará resposta com rapidez para elucidar esse crime que tem que ser tirado da página do Estado do Maranhão, que é o crime de pistolagem, porque tudo leva a crer que se trata de crime pistolagem. Acredito no sistema de segurança pública do Estado. Acho que o Secretário tomará as providências. Não tenho dúvida que o Governador a esta altura já mobilizou os principais gestores do sistema de segurança para que o crime seja o mais breve possível elucidado”, acentuou Zé Inácio.

Valéria Macedo também demonstrou pesar e solidariedade ao amigo Rigo Teles pela morte trágica de seu pai. “Nós, companheiros, lamentamos muito uma tragédia que, às vezes, nós vemos nos jornais todos os dias com pessoas que não conhecemos e nos indignamos sim por essa violência tão grande que ainda ocorre no nosso Estado”, disse ela.

Deixe uma resposta